Saiba como funciona a aplicação de herbicida em área de mogno africano

Continue lendo esse artigo, basta arrastar a página para baixo

Saiba como funciona a aplicação de herbicida em área de mogno africano

Você entende de tratamento de pragas? Sabe o que é herbicida?  Pode parecer que qualquer herbicida vai fazer efeito na sua plantação, não é mesmo? Mas cuidado, nem sempre é assim. Existem estudos e cuidados diferenciados para cada tipo de florestamento. Neste texto, vamos falar sobre aplicação de herbicida na plantação e florestamento de Mogno Africano.

Mas antes de tudo, o que você sabe sobre o Mogno Africano? Para entender mais sobre os herbicidas que fazem o controle da plantação, é preciso conhecer mais da madeira/plantação em que se está investindo.

É necessário um cuidado bem delicado no trato do mogno e dos produtos utilizados nele. Produtos não recomendados podem danificar sua plantação, causando mais prejuízos do que ganhos e lucros.

Saiba mais sobre aplicação de herbicida em mogno africano. | Foto: Grupo Selva Florestal.

Você não vai querer usar o herbicida errado, não é? Além de gastar na compra do produto controlador de pragas, é possível danificar toda uma plantação de Mogno Africano. Aliás, essa regra se aplica a qualquer tipo de plantação, cultivo ou florestamento.

Estude o máximo possível seu investimento antes mesmo de começá-lo. Quanto mais estudo, mais cuidado e prevenção e, consequentemente, mais chances de obter êxito em seu empreendimento.

Agora que sabemos disso, vamos conhecer mais do Mogno Africano e, em seguida, quais os melhores herbicidas para fazer uso em seu cultivo! Vamos lá?

Ao contrário do que muita gente acha, o cultivo do mogno africano para fins de comercialização requer alguns cuidados. É preciso atenção e planejamento para otimizar o processo de implantação e de maximização das mudas. Hoje em dia, temos alguns métodos que são mais utilizados, e os mais comuns são o método mecanizado e o manual.

Para saber qual o melhor para a sua propriedade, você deve analisar vários fatores. Entre os principais, estão as características geográficas e climáticas do local onde será realizado o plantio do Mogno Africano.

Em época de chuva, é o momento ideal para o plantio do Mogno. Mas tome cuidado com a quantidade de chuvas também. Se houver chuvas em excesso, o solo pode ficar mais lamacento, o que impossibilita o plantio mecanizado e, em alguns casos, até o plantio artificial.

Mas, levando em conta outras coisas, quando se há uma seca muito grande, ou seja, um longo período sem chuva, o solo pode ficar muito seco para o plantio, o que também dificulta a abertura de trincheiras ou buracos.

Como funciona a aplicação de herbicida em áreas de mogno africano?

As mudas de Mogno Africano devem começar a ser tratadas e cuidadas antes mesmo do plantio. Começando com o cuidado com o solo para evitar ataques de cupins e demais pragas. 

Em alguns casos, os locais que fornecem as mudas já fazem este serviço, enviado mudas com um tratamento preventivo já realizado, facilitando o trabalho de produtores que só terão de plantá-las e realizar os demais cuidados depois do cultivo das mudas. Portanto, se você conseguir abastecer suas mudas em locais e viveiros que já fornecem as mudas tratadas, será muito melhor para você!

Se o produtor precisar tratar as mudas, existem alguns tratamentos recomendados a serem feitos, como radicular as mudas em imersão de soluções aquosas que contenham algum tipo de terminador.

Lembrando que a dosagem que deve ser aplicada, assim como o tempo de imersão, serão estipulados pela fornecedora dos produtos, então busque analisar nas embalagens, que com certeza haverá a recomendação correta. 

Bem, todo produtor rural deve saber da importância do cuidado e manutenção de plantas com herbicidas. Mas, falando do Mogno Africano, ainda há algumas dúvidas sobre como prosseguir e quais produtos utilizar. Ainda não há muitos estudos realizados com o Mogno Africano, o que pode ser um impeditivo para alguns produtores.

Ao começar o processo, você deve realizar a limpeza do solo para que seja feito um verdadeiro controle de pragas. Faça quantos tratamentos forem necessários para garantir a saúde de suas plantas.

Não fazendo um tratamento correto, a qualidade das plantas e de seu crescimento pode variar muito, às vezes não atingindo o progresso esperado. 

O Mogno Africano tem poucas pragas como inimigas, mas não é possível ignorá-las. As formigas são as principais, em essencial, as formigas dos gêneros Atta (saúvas) e Acromyrmex (quenquéns). Outras inimigas são as Abelhas Arapuá e os Cupins, que atacam árvores de qualquer idade e espécie. 

Alguns métodos disponíveis para o controle de pragas são:

  • Manual;
  • Mecanofísica;
  • Cultura;
  • Biologia;
  • Química.

O controle manual é amplamente utilizado em diversas condições, tanto no coroamento, quanto nas faixas nas linhas de plantio. 

Também existe o controle de maneira mecânica em conjunto com a manual. O controle é muito importante para que a árvore cresça bem e forte, e ele acontece de forma rápida, na superfície do solo, adaptando-o às condições climáticas que sejam melhores para a postura da planta cultivada.

Assim, o Mogno terá uma superfície melhor e reduzirá a competição com as pragas, fazendo com que a árvore seja fortificada.

Já o controle biológico usa qualquer tipo de inimigo natural para fazer o controle. Há a utilização de diversos tipos de fatores para que apenas um sobreviva e mantenha o crescimento da árvore. Porém, não há muitos exemplos de sucesso.

O herbicida mais conhecido é o Proxy. Mas, alguns outros herbicidas têm sido estudados também. Os mais conhecidos são: 

  • Oxyfluorfen;
  • Oryzalin;
  • Diphenamid;
  • Dichlobenil;
  • Linuron;
  • Atrazina;
  • Simazina.

Esses herbicidas também são bastante aplicados nas mudas porque não há boa absorção foliar, além de translocar, principalmente os extrínsecos, para fora.

Mas, dependendo do clima, há danos sérios que podem acontecer. Portanto, antes de escolher algum herbicida para comprar e utilizar, estude-o. Saiba quais reações podem acontecer na sua plantação e evite prejuízos. É preciso realizar métodos certos para controlar as pragas.

Assim, você possui uma monocultura muito mais cuidada e com chances de prosperar e trazer lucros.

Gostou do conteúdo? Assista o vídeo e acompanhe a página do Grupo Selva Florestal para saber mais sobre o uso de herbicida e outros cuidados necessários com o Mogno Africano. O Grupo Selva Florestal é uma empresa fundada em 2006, com atuação em reflorestamento, produção de mudas, recuperação de áreas degradadas, comercialização de sementes, projetos técnicos na área agroflorestal. Visite o site e conheça os trabalhos realizados pelo grupo!

Matérias relacionadas

Acompanhe todas as máterias

Reflorestamento com mogno africano: Benefícios e impactos positivos

2024-04-18 16:00:00

Khaya Grandifoliola: Características e cultivo dessa variedade de mogno

2024-04-17 14:00:00

Khaya anthotheca: Descubra 5 curiosidades dessa árvore

2024-04-15 11:00:00

Khaya anthoteca: Conheça o mercado e a rentabilidade

2024-04-11 11:00:00

Khaya anthotheca: As principais características e benefícios

2024-04-08 08:00:00

Mogno Africano: Benefícios econômicos do cultivo

2024-04-04 08:00:00

Ultimas notícias da Selva

Especialistas em Mogno Africano

Reflorestamento com mogno africano: Benefícios e impactos positivos

2024-04-18 16:00:00

Khaya Grandifoliola: Características e cultivo dessa variedade de mogno

2024-04-17 14:00:00

Khaya anthotheca: Descubra 5 curiosidades dessa árvore

2024-04-15 11:00:00

Khaya anthoteca: Conheça o mercado e a rentabilidade

2024-04-11 11:00:00

Khaya anthotheca: As principais características e benefícios

2024-04-08 08:00:00

Mogno Africano: Benefícios econômicos do cultivo

2024-04-04 08:00:00