EnglishSpanish

Saiba qual a melhor época de plantio do Nordeste

No Nordeste há duas épocas de plantio que são as mais adequadas, uma é a safra de inverno, que geralmente é colhida no segundo semestre do ano e o plantio aconteceu entre abril e maio. E a outra safra é a do verão, que é colhida sempre no início do ano e é semeada sempre a partir de outubro quando o período chuvoso começa.

As duas safras, tem produtos colhidos e plantados por agricultores familiares que são o arroz, feijão, milho, mandioca, algodão e mamona, além das frutas que são muitas, mas podemos citar como exemplo o abacaxi, a melancia e a manga.

Os agricultores familiares são aqueles que dependem do volume das chuvas para fazer o plantio, pois grande maioria não tem sistema de irrigação. Pois, para alimentos como o feijão e o milho é preciso que chova até 30 dias depois de plantados. O ciclo dura 70 dias mais ou menos e para se ter sucesso na colheita é preciso que as chuvas sejam feitas com regularidade.

Saiba mais sobre vegetação do nordeste e épocas para plantio. | Foto: Grupo Selva Florestal

Melhores épocas de plantio no Nordeste

O Brasil, como sabemos, é um país com uma diversidade climática enorme, e com isso, as famosas hortaliças acabam tendo que se adaptar de uma forma diferente no calendário de acordo com cada região. 

Os meses mais aconselháveis para o plantio são junho, julho, agosto e início de setembro, no Nordeste são nesses meses que o cultivo de morangos, abóboras, abobrinhas, alfaces de verão, berinjelas, tomates, coentros, espinafres, pimentões, quiabos, repolhos de verão e salsas aumentam ainda mais.

Então nesses meses é importante dedicar ao plantio do que mais pode se colher frutos como banana, laranja, coco, entre outros que poderemos ver em seguida, com a porcentagem de cada um.

O que mais se planta no Nordeste?

O ranking começa com a grande produção de banana, são mais de 2,7 milhões de toneladas por ano só no Nordeste, é até considerada a fruta mais cultivada no país. Além de ser a grande preferência dos brasileiros, a fruta é a mais consumida no mundo.

O enorme cultivo de banana se espalha por mais de 6 milhões de hectares, representando 14,9% das áreas ocupadas por lavouras e 40% da produção nacional de banana do país.

A laranja chega em segundo lugar do ranking, tendo um cultivo bem tradicional no agreste. O coco que é produzido também no Nordeste vem em terceiro lugar, com 82,3% de toda produção nacional. São bilhões de frutos produzidos por ano.

Em quarto lugar vêm o mamão, em quinto a manga, em sexto o maracujá, em sétimo o café, em oitavo a uva, em nono o limão e, em décimo lugar, a goiaba.

Entre as culturas temporárias que são as que precisam de replantio anualmente, está no topo a cana-de-açúcar, com mais de 128 milhões de toneladas todos os anos saindo dos campos. A cana é a matéria prima principal para toda produção de álcool combustível. As áreas que são ocupadas pelos canaviais ao longo dos anos foram diminuindo muito, mas ainda são 19,7% das lavouras do Brasil.

A soja é o principal produto de exportação e vem em segundo lugar no ranking, 10% da soja brasileira sai do Nordeste.

A mandioca é outro produto que sofreu uma redução grande nos últimos anos e ainda aparece entre os três produtos mais relevantes para a economia do Nordeste. São produzidas 5,5 milhões de toneladas da raiz todos os anos.

Nesse ranking junta-se o milho em quarto lugar, em quinto o algodão, em sexto o tomate, em sétimo o abacaxi, em oitavo a melancia, em nono o melão e, em décimo, o feijão.

Como está a agricultura no Nordeste?

A agricultura no Brasil é a base da economia do país, no Nordeste brasileiro, a agricultura tem um papel de suma importância na economia regional, 82,6% da mão de obra do campo é equivalente á toda agricultura familiar. A região é considerada a maior produtora de banana, lidera na produção da mandioca e é a segunda maior produtora de arroz. Com a enorme vegetação do Nordeste podemos obter grandes números de produção todos os anos.

Porém, toda a produção agrícola no Nordeste ainda é baixa. Em 1995 as regiões participavam bem mais no setor agropecuário com 13,6%. Hoje em dia, a região Nordeste abrange uma população com mais de 25 milhões de pessoas e apresenta muitos problemas quando o assunto é produção de alimentos, devido aos efeitos negativos do clima, como as secas, o solo fica afetado diretamente. Por isso, a agricultura no Nordeste não vem crescendo muito nos últimos anos, pois as inadequações de estrutura latifundiária, acaba prejudicando ainda mais todo sistema agrícola.

Entretanto, a produção agropecuária ainda colabora com pouco para que o crescimento aconteça no Nordeste. Com 6 bilhões no comércio exterior, a região ainda apresenta um bom desenvolvimento do país.

Dá para plantar soja no Nordeste?

O plantio de soja no Nordeste se intensifica em novembro e vem crescendo bastante nos últimos anos, mais de 350 mil hectares deverão crescer. A produção de soja no Nordeste é concentrada mais no oeste baiano e no Estado do Tocantins. A produção é escoada e a soja antes de ser embarcada passa por Feira de Santana.

Com mais de 50 cultivares de soja seu alto desempenho produtivo no Nordeste fica evidente. A soja pode ser aliada na diversificação, em plantios e na diminuição das áreas de monocultivo, regiões que vêm sofrendo com crises por conta da redução de área plantada e fechamentos de muitas usinas.

A soja é muito valorizada e tem grande potencial de ganhos para os produtores da região, podendo atender a grandes e importantes demandas regionais e até globais de mercado.

No Nordeste já existe uma grande demanda por soja para compor toda alimentação animal nas fazendas e até em granjas dos estados.

A soja tem como vantagem fixar nitrogênio no solo por meio de bactérias conhecidas como inoculadas, dispensando assim a aplicação de toneladas de fertilizantes, por isso acaba gerando uma grande economia em insumos.

E o Mogno Africano dá para plantar no Nordeste?

O Mogno africano é uma planta que cresce bem em climas tropicais e subtropicais. No nordeste do Brasil, a plantação de mogno africano tem se mostrado promissora, devido às condições climáticas favoráveis à sua cultura.

No Nordeste, o clima é quente e úmido, o que torna o Mogno Africano (Khaya senegalensis) uma das melhores espécies para plantar. Ele cresce rapidamente e é muito resistente às doenças. Além disso, são árvores de grande porte, o que ajuda a manter a temperatura da área.

No Nordeste é umas das regiões que o mogno africano mais vem crescendo, grandes produtores estão plantado ano após ano para no futuro próximo ser um dos grandes pólos de madeiras nobres do Brasil.

O Grupo Selva Florestal vende mudas, sementes e ainda tem consultoria para plantio de árvores, então, se você quer saber mais sobre épocas de plantio no Nordeste e como adquirir sementes e mudas, clica no link e fique por dentro de tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ver mais postagens

Confira 5 fatores que farão você aumentar seu patrimônio florestal

Confira 5 fatores que farão...

Você sabe quais são as atitudes…
Saiba como funciona a aplicação de herbicida em área de mogno africano

Saiba como funciona a aplicação...

Você entende de tratamento de pragas?…
Como investir em mogno africano sem área, sem manejo e sem floresta? Entenda

Como investir em mogno africano...

O mogno africano é um investimento…
Entenda como o excesso de chuva afeta o plantio de mogno

Entenda como o excesso de...

O Mogno Africano é uma árvore…
Entenda o que é fertilidade do solo e sua função

Entenda o que é fertilidade...

Ter uma terra que seja boa…
Entenda o que é e como funciona a topografia de um terreno

Entenda o que é e...

Quando pensamos em campo, uma das…
Saiba quais as diferenças entre solo arenoso e solo argiloso

Saiba quais as diferenças entre...

Não é apenas a vegetação e…

Confira 7 dicas de como...

Ter plantas em casa é sempre…
A exploração do mogno beneficia a Amazônia? Entenda mais sobre o assunto

A exploração do mogno beneficia...

A exploração e a comercialização do…
Impactos da inflação no comércio de mogno africano

Impactos da inflação no comércio...

Antes de falar sobre a inflação…
Saiba como proteger o mogno do clima frio e geada

Saiba como proteger o mogno...

A grande realidade é que plantas…
Confira 4 modos de restaurar florestas

Confira 4 modos de restaurar...

Como fazer a restauração florestal? Pois…
5 espécies de plantas propícias para plantio em áreas alagadas, confira!

5 espécies de plantas propícias...

Quando o assunto é plantio em…
Dicas para não errar ao germinar sementes, confira!

Dicas para não errar ao...

Antes de entender mais sobre o…
Saiba o que é um inventário florestal e aprenda a fazer corretamente

Saiba o que é um...

O inventário florestal é um documento…
Entenda a relação entre o mogno africano e marcenaria

Entenda a relação entre o...

Bom, antes de saber qual é…
Mogno africano pode ser matéria prima para itens luxuosos? entenda as finalidades

Mogno africano pode ser matéria...

É bastante comum que na manutenção…
Conheça as vantagens da irrigação de mogno africano

Conheça as vantagens da irrigação...

Muitos investidores desejam seguir o ramo…