OS TRÊS PILARES PARA ESCOLHER O MELHOR INVESTIMENTO. RENTABILIDADE, RISCOS, LIQUIDEZ NO MOGNO AFRICANO.

O Mogno africano está dentre as espécies de madeiras nobres, que mais vem se destacando em consequência do seu alto valor agregado. Desta forma, o cultivo de Mogno Africano atraiu muitos investidores por ser um investimento de médio e longo prazo.     

A rentabilidade se baseia na receita líquida e seus resultados são expressos em valores percentuais. No entanto, a rentabilidade possuiu a finalidade de mensurar o retorno que um determinado investimento, proporciona ao negócio e com ela se tem os riscos do investimento e a sua liquidez, ou seja, o lucro que você terá ao investir.

Desta forma, a Rentabilidade, o Risco e a Liquidez formam os três pilares para se escolher um ótimo investimento.

Em um passado próximo os riscos que se tinham em investir em florestas para a produção de madeiras nobres não eram o longo prazo e sim os riscos de incêndios, geadas, perda de produção, ataque de pragas e etc. Hoje no Brasil existem empresas especializadas em seguro florestal para investidores, sendo assim, o investimento em madeira passou a ser um investimento seguro.

O intuito do vídeo e comparar investimentos que tem a rentabilidade de 12% ao ano, com o investimento em mogno africano até o seu ciclo final de 17 anos.

Sobre o autor | Website

Engenheiro Florestal graduado pela Universidade Federal do Tocantins, com ênfase em silvicultura e nutrição de plantas.

Deixe seu e-mail, nome e telefone, para receber mais informações sobre a cultura de Mogno Africano, iremos entrar em contato via e-mail.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!