Entenda tudo o que um engenheiro florestal faz

Continue lendo esse artigo, basta arrastar a página para baixo

Entenda tudo o que um engenheiro florestal faz

No cenário que muitas pessoas têm em mente, em que um fazendeiro que trabalha em sua plantação e faz ela ter sucesso a partir de um conhecimento empírico (que é o adquirido a partir da experiência), o trabalho de outros profissionais como engenheiros florestais e ambientais ou agrônomos não seria tão importante. É justamente por causa disso que muita gente não sabe o que faz um engenheiro florestal.

Esse desconhecimento acaba gerando um senso comum muito ruim que conclui que esses profissionais não são importantes para fazer uma plantação ser bem sucedida, bastando apenas o empírico.

A verdade é que é sim possível um cultivo se desenvolver somente com conhecimento pré-adquirido, mas o conhecimento científico pode ser muito válido e acelerar todo o processo. 

Dessa maneira, saber mais sobre a figura de um engenheiro florestal (e também de outros profissionais relacionados a essa área) é muito importante para entender melhor como funciona o processo e, quem sabe, se tornar esse tipo de profissional.

Além disso, para quem quer investir na área, saber mais sobre o serviço de um engenheiro florestal para conseguir garantir bons retornos em seu empreendimento.

O engenheiro florestal precisa estar equipado para não se ferir com os acidentes que podem acontecer em uma floresta. | Foto: Grupo Selva Florestal.

O que é um engenheiro florestal?

O engenheiro florestal, como o nome sugere, é um profissional com diploma no curso de engenharia florestal que possui seu trabalho voltado às questões de ecossistema florestal. A sua principal meta, nesse sentido, é estudar o ambiente para desenvolver estratégias de auxílio ou planos de ação que façam com que o empreendimento tenha sucesso. 

A palavra sucesso, nesse caso, não se refere somente à parte financeira do negócio, mas também abrange a sustentabilidade. Assim, o engenheiro florestal é um profissional que pensa na exploração eficiente e correta do ambiente e traça formas de aproveitar os recursos oferecidos de maneira sustentável. Para isso, esse engenheiro ganha uma média de 4.500 reais mensalmente. 

Qual a função do engenheiro florestal?

Mesmo sabendo que é um engenheiro florestal, pode ser que uma dúvida ainda permaneça na mente da maioria das pessoas: “o que um engenheiro florestal faz?“. A resposta para essa pergunta não é assim tão simples, uma vez que ele possui inúmeros tipos de atividades. As funções desse tipo de engenheiro podem ser divididas em dois grandes campos: os estudos e o desenvolvimento. 

No campo do estudo, o profissional de engenharia florestal irá estudar questões como solo, como melhorar a qualidade de mudas e sementes, como fazer da melhor forma de classificar e industrializar os produtos agrícolas, manejamento de florestas e outros itens relacionados à questão florestal. 

Já no campo do desenvolvimento, o engenheiro florestal irá pegar todos os seus estudos e aplicar na prática. Com isso, ele poderá prescrever receituários agronômicos, melhorar mudas e sementes, recomendar tratores e outros equipamentos, ajudar na questão organizacional dos produtos florestais, assim como na de manejo de florestas, melhorar o solo e trabalhar na administração de parques. 

O que é preciso para ser um engenheiro florestal?

Para ser um engenheiro florestal é preciso cursar engenharia florestal em alguma faculdade que seja reconhecida pelo MEC. A grande maioria das formações para engenheiro florestal possuem uma duração de 5 anos, que pode ser estendida de acordo com a grade escolhida pelo estudante. 

O MEC determina que o profissional de engenharia florestal deve desenvolver racionalmente o melhor uso do meio ambiente. Isso, na prática, quer dizer que ele consegue desenvolver adequadamente atividades que sejam economicamente positivas, mas sempre estando voltado ao uso sustentável das condições atuais. 

Assim, os cursos de engenharia florestal precisam ter sua grade pensada para garantir o aprendizado técnico, sustentável e econômico das atividades florestais. Algumas das matérias deste curso são comunicação e extensão rural, ecossistemas florestais, estrutura da madeira e melhoramento florestal. 

Qual a importância de um engenheiro florestal?

Quando a profissão de engenheiro florestal começou a entrar em vigência, a sua atuação era muito fixa às indústrias de carvão, de madeira e de celulose. Atualmente, a atuação cresceu e os profissionais dessa área podem atuar em diferentes áreas contribuindo para o crescimento da sociedade. 

Os engenheiros florestais têm um papel fundamental na educação. Aprender a ter contato com o meio ambiente é algo ensinado em várias escolas, isso por meio da plantação de hortas e de árvores, por exemplo. Muitas das lições dadas para os alunos podem ser ensinadas por um engenheiro ambiental.

Uma outra importância é no auxílio à agricultura de subsistência, que é aquela praticada por famílias e não por grandes corporações. O conhecimento dos engenheiros florestais pode ajudar bastante essas pessoas a desenvolverem suas técnicas. 

Os engenheiros florestais que atuam como fiscais, por outro lado, são responsáveis por encontrar várias áreas de desmatamento e de queimadas ilegais, que são muito prejudiciais para o meio ambiente. 

No mais, a importância desses profissionais também é encontrada por meio de seus trabalhos em consultoria. Várias empresas estão com plantações empacadas por falta de conhecimentos técnicos científicos e os engenheiros florestais podem ajudar muito esses negócios.

O engenheiro florestal e a sustentabilidade

Um destaque dentro da importância do papel do engenheiro florestal para a sociedade está na sua atuação para o advento da sustentabilidade. Dentro de um processo de restauração florestal, por exemplo, esses profissionais fazem toda a auditoria das plantas existentes na área para conseguir recuperá-las. 

Além disso, ainda dentro de um processo de restauração florestal, o engenheiro florestal pode atuar junto a pesquisas científicas que tentam encontrar maneiras de tornar uma plantação muito mais eficiente, em termos de crescimento, e também muito menos poluente.

Muitas pessoas têm a falsa impressão de que toda plantação é boa para o meio ambiente. A verdade é que nem sempre é assim: muitas plantações desmatam grandes áreas, acabam usando métodos que poluem o solo e que o tornam incapaz de nutrir outras plantas, desperdiçam muita água e até usam máquinas e equipamentos que poluem o meio ambiente. 

Assim, o trabalho do engenheiro florestal, em várias das áreas de atuação, ajudam bastante a amenizar o impacto de plantações para o meio, as tornando mais sustentáveis. 

Diferença entre engenheiro florestal, engenheiro ambiental e agrônomo

Em primeiro lugar, é interessante fazer a diferenciação de um engenheiro ambiental e de um engenheiro florestal. De forma simplificada, as preocupações e funções do engenheiro florestal são voltadas especificamente para as plantas, enquanto que o engenheiro ambiental se preocupa com outras áreas do meio ambiente (tratamento de esgoto).

O agrônomo, por sua vez, tem como principal função aumentar a qualidade e a produtividade das plantações. Assim, é mais fácil o engenheiro florestal atuar em conjunto com o agrônomo do que com o engenheiro ambiental, ainda que haja possibilidade das três áreas se encontrarem. 

Quais são as áreas em que um engenheiro florestal pode atuar?

Após a graduação, existem diversas áreas em que um engenheiro florestal pode desenvolver os seus conhecimentos. Estarão algumas delas dispostas a seguir, entretanto, a verdade é que essa é uma profissão que não fica limitada e serve a diversos fins. 

Ecologia aplicada

Essa é uma área que geralmente está ligada à conservação de parques e reservas florestais. A função do engenheiro florestal aqui é a de administrar esses locais. Além disso, ele pode pensar em maneiras de explorar o local de maneira sustentável e também pode trabalhar na recuperação de áreas que estão degradadas. 

Educação

O diploma de engenheiro florestal pode garantir emprego em áreas de educação, com o cargo de professor. Nesse sentido, esses profissionais trabalham em empresas públicas e privadas como professores de graduação, de ensino médio ou fundamental. 

Manejo florestal

A área do manejo florestal é o campo de trabalho em que o engenheiro florestal pode estar envolvido em diversas etapas diferentes de um processo de reflorestamento. Nesse sentido, o profissional atua no estudo do ambiente, na supervisão e no monitoramento do trabalho que está sendo executado e no auxílio da organização de um plano de ação.

Tecnologias de produtos florestais

Os engenheiros florestais também podem trabalhar no desenvolvimento de produtos florestais que façam com que os serviços realizados na área sejam mais sustentáveis. Além disso, esse desenvolvimento possui a função de facilitar os trabalhos diários na área florestal.

Setor Corporativo

Se um engenheiro florestal optar pela entrada no setor corporativo, é preciso que ele desenvolva técnicas de liderança (uma vez que na grande maioria das vezes ele trabalhará como gestor de algum serviço). Além disso, ele precisa saber de mercados do agroindustrial e do agronegócio e gerenciar uma empresa. 

Setor público

O setor público também oferece um grande campo de participação aos engenheiros ambientais. Geralmente, o seu serviço nesse sentido fica voltado aos órgãos de fiscalização e normatização ambiental.

Após saber o que faz um engenheiro florestal, muito provavelmente foi percebido que esse profissional pode ser muito válido na consultoria do plantio de árvores. Caso você precise de uma consultoria, ou de um fornecedor de mudas e sementes, conheça o Grupo Selva Florestal, uma empresa já estabelecida nesse mercado que contém uma bagagem de experiência muito boa. 

Matérias relacionadas

Acompanhe todas as máterias

Mogno Africano: O Potencial Lucrativo no Cultivo de Madeira Nobre

2024-06-07 11:00:00

Mogno Africano: O Segredo das Mudas de Alta Qualidade

2024-06-03 10:00:00

Investimentos Verdes: Entenda Como o Crédito de Carbono Pode Ser Essencial

2024-05-31 10:00:00

Mogno Africano: Rentabilidade Financeira aliada à Responsabilidade Ambiental

2024-05-27 10:00:00

Projetos Sustentáveis: Saiba Como Mogno Africano e Créditos De Carbono Impulsionam o Negócio

2024-05-25 16:00:00

Sustentabilidade Corporativa com Mogno Africano: Cases de Sucesso

2024-05-21 11:00:00

Ultimas notícias da Selva

Especialistas em Mogno Africano

Mogno Africano: O Potencial Lucrativo no Cultivo de Madeira Nobre

2024-06-07 11:00:00

Mogno Africano: O Segredo das Mudas de Alta Qualidade

2024-06-03 10:00:00

Investimentos Verdes: Entenda Como o Crédito de Carbono Pode Ser Essencial

2024-05-31 10:00:00

Mogno Africano: Rentabilidade Financeira aliada à Responsabilidade Ambiental

2024-05-27 10:00:00

Projetos Sustentáveis: Saiba Como Mogno Africano e Créditos De Carbono Impulsionam o Negócio

2024-05-25 16:00:00

Sustentabilidade Corporativa com Mogno Africano: Cases de Sucesso

2024-05-21 11:00:00