EnglishSpanish

Saiba como começar a exportar madeira

Você tem interesse em entrar na área da exportação de madeira? Então esse é o conteúdo certo para você. Atualmente, muitos empreendedores do segmento madeireiro procuram informações a respeito do processo de exportação de madeira.

Como a economia brasileira e o setor da construção civil estão em uma fase mais lenta, as empresas precisam encontrar novas formas de captar recursos, mantendo todos os negócios em funcionamento.

Continue a leitura e entenda todas as etapas e o que é necessário para lidar com a importação e exportação de madeira.

Exportação de madeira: veja como funciona. | Foto: Grupo Selva Florestal

Quais as principais regras da exportação de madeira?

Primeiro, entenda o que é a exportação de madeira. Essa atividade é a venda e envio de mercadoria, no caso, de madeira serrada ou em toras, ao exterior, onde é feito um procedimento a partir de uma nota de venda e autorizado pela Receita Federal do Brasil. As madeiras líderes em exportação para fora do Brasil são de eucalipto e pinus, sendo vendidas em toras ou a madeira já serrada em metros cúbicos.

Pelo processo de exportação, é possível comercializar a madeira com clientes em outros países ao redor do mundo, aumentando o faturamento e a lista de clientes da sua empresa.

Toda a exportação dessa matéria-prima é feita por meio de uma negociação direta com clientes no exterior ou através de uma exportadora que possui uma carteira própria de clientes e também cuida das questões relacionadas ao embarque e transporte, cobrando para tanto um percentual sobre a negociação. Já o transporte dessa mercadoria poderá ser realizado em contêineres ou pelo armazenamento direto nos porões de navios cargueiros.

Como começar a exportar madeira?

  1. Busque clientes no exterior;
  2. Analise os concorrentes que atuam exportando madeira;
  3. Participe de feiras e outros eventos com clientes;
  4. Levante toda a documentação, contratos e legislação de exportação de madeira, incluindo o seu produto;
  5. Planeje uma logística para o embarque de madeira, procurando empresas que realizam o envio ou a supervisão.

Documentação

Cada país pode adotar as suas próprias políticas para o recebimento de madeira do exterior, contudo, em geral, são solicitados os seguintes documentos:

Registro no Siscomex

Para que a exportação de madeira seja realizada, um dos primeiros passos é o registro da empresa exportadora junto ao Siscomex (Sistema Integrado de Comércio Exterior), que será utilizado para a emissão do registro de exportação. A habilitação da empresa junto ao Siscomex deve ser solicitada em uma unidade da Receita Federal do Brasil.

Fatura Comercial

Este é um documento reconhecido internacionalmente, semelhante à uma nota fiscal. Sem uma fatura comercial a madeira não poderá embarcar, desembarcar ou transitar entre países. É importante destacar que este documento deverá ser emitido em inglês ou então no idioma do país importador da madeira, ou seja, aquele que comprou a mercadoria.

Nota Fiscal

A nota fiscal é uma exigência legal que possibilita o trânsito, ainda em território nacional, da mercadoria, ou seja, até o porto e também para sua liberação junto à Receita Federal.

Romaneio (Packing List)

É mais um documento de responsabilidade do exportador. No romaneio devem ser especificados os volumes transportados e seus conteúdos.

Conhecimento de Embarque

O conhecimento de embarque é um documento emitido pela companhia responsável pelo transporte da madeira para o exterior. Nele, há informações como o destinatário e o local de entrega.

Certificado de Origem

Este documento deve ser providenciado pelo exportador da madeira para que o seu importador saiba exatamente a origem da mercadoria e o cumprimento de exigências legais do país de destino.

Certificação FSC

A certificação FSC, ou Forest Stewardship Council, é emitido por uma organização independente e sem fins lucrativos. A certificação FSC é reconhecida internacionalmente. Seu selo indica para o comprador que aquela madeira foi produzida através de processos rigorosos de manejo florestal. Por tratar de uma questão ambiental, muitos países e compradores internacionais só aceitam madeiras com essa certificação.

Com todas as documentações em ordem, será necessário ainda conseguir a autorização do IBAMA, para que a madeira embarque. Aí sim, depois de toda a regularização da documentação e tudo estando aprovado e completo, a madeira finalmente poderá sair do seu país de origem e ir para o seu destino.

Como é o processo de exportação de madeira?

A exportação de madeira pode ser feita de três formas: da forma direta, ou seja, você pode encontrar o comprador de outro país e realizar a operação. Ela também pode ser feita com agenciador ou ainda, trading.

Quando é realizada com um agenciador, é ele quem tem o contato do comprador. Ele que faz a negociação dos valores e ganha uma comissão pela venda. Já quando a exportação é feita com trading, é ele que compra mercadoria da indústria e revende para o cliente fora do país, absorvendo a parte de despacho (exportação) e uma margem de lucro sobre o produto.

E como ela é transportada? Bom, a madeira pode ser enviada dentro de um container ou diretamente no navio, onde a mercadoria fica armazenada diretamente no porão. Caso você produza um produto de mercado interno no mesmo padrão de exportação, não há necessidade de se preocupar com a diferenciação da madeira de acordo com o destino.

Porém, normalmente, se conta muito a questão da cadeia de custódia. Ela é o Certificado FSC, onde o cuidado maior está em ter um produto (tora, extração e plantio) melhorado para obter menores custos e maior lucro.

Fique atento:

Inspecione a qualidade dos seus produtos

Todas as especificidades do material regulamentado devem ser fiscalizadas e liberadas por um inspetor, ele realiza o exame de toda ou uma amostra representativa daquela leva, para garantir que ela cumpra os requisitos especiais, segundo o país de destino. 

Conheça a documentação e legislação requerida pelo país de destino

Sempre siga o cumprimento das regulamentações alfandegárias e de segurança e os requisitos de uso. Caso algo esteja errado, isso pode resultar no acesso restrito aos mercados globais, pesadas múltiplas e produtos que não são entregues em uma apreensão por meses.

Planeje uma logística para o embarque de madeira

O erro mais comum de um exportador de madeira está completamente ligado com questões logísticas de envio de madeira para o mercado internacional, como dados e local de ovação do contêiner, ou ainda, documentos emitidos de maneira incorreta e que não permitem cumprir os prazos previstos pelo armador, como o rascunho e/ou de carga.

Pronto! Agora você já tem as informações valiosas para poder entrar no mercado de exportação de madeira. Quer acessar mais conteúdos como este? Conheça o Grupo Selva Florestal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ver mais postagens

Confira 5 fatores que farão você aumentar seu patrimônio florestal

Confira 5 fatores que farão...

Você sabe quais são as atitudes…
Saiba como funciona a aplicação de herbicida em área de mogno africano

Saiba como funciona a aplicação...

Você entende de tratamento de pragas?…
Como investir em mogno africano sem área, sem manejo e sem floresta? Entenda

Como investir em mogno africano...

O mogno africano é um investimento…
Entenda como o excesso de chuva afeta o plantio de mogno

Entenda como o excesso de...

O Mogno Africano é uma árvore…
Entenda o que é fertilidade do solo e sua função

Entenda o que é fertilidade...

Ter uma terra que seja boa…
Entenda o que é e como funciona a topografia de um terreno

Entenda o que é e...

Quando pensamos em campo, uma das…
Saiba quais as diferenças entre solo arenoso e solo argiloso

Saiba quais as diferenças entre...

Não é apenas a vegetação e…

Confira 7 dicas de como...

Ter plantas em casa é sempre…
A exploração do mogno beneficia a Amazônia? Entenda mais sobre o assunto

A exploração do mogno beneficia...

A exploração e a comercialização do…
Impactos da inflação no comércio de mogno africano

Impactos da inflação no comércio...

Antes de falar sobre a inflação…
Saiba como proteger o mogno do clima frio e geada

Saiba como proteger o mogno...

A grande realidade é que plantas…
Confira 4 modos de restaurar florestas

Confira 4 modos de restaurar...

Como fazer a restauração florestal? Pois…
5 espécies de plantas propícias para plantio em áreas alagadas, confira!

5 espécies de plantas propícias...

Quando o assunto é plantio em…
Dicas para não errar ao germinar sementes, confira!

Dicas para não errar ao...

Antes de entender mais sobre o…
Saiba o que é um inventário florestal e aprenda a fazer corretamente

Saiba o que é um...

O inventário florestal é um documento…
Entenda a relação entre o mogno africano e marcenaria

Entenda a relação entre o...

Bom, antes de saber qual é…
Mogno africano pode ser matéria prima para itens luxuosos? entenda as finalidades

Mogno africano pode ser matéria...

É bastante comum que na manutenção…
Conheça as vantagens da irrigação de mogno africano

Conheça as vantagens da irrigação...

Muitos investidores desejam seguir o ramo…