Saiba mais: Descubra como gerar renda com o mogno africano

O investimento a longo prazo vem sendo uma opção bem popular entre os investidores, a razão disto é o fato dele conseguir, na maioria das vezes, render mais do que um investimento rápido, já que o tempo de aplicação do capital no investimento gera juros cada vez maiores, o que pode fazer com que o retorno seja grande. A rentabilidade mogno africano é um exemplo de investimento a longo prazo que traz muitos benefícios ao investidor por garantir um retorno de capital grande e seguro, com um valor de investimento consideravelmente pequeno perto do tamanho de rentabilidade mogno africano.

Entenda sobre a rentabilidade mogno africano. | Foto: Grupo Selva Florestal

O mogno africano é uma madeira nobre por ser de um tom avermelhado muito bonito que pode ser usado em construções de luxo. Apesar de já existirem pessoas que pensam em gerar renda com o mogno africano, o número de produção não supre as necessidades do mercado devido ao seu longo período desde o plantio até o mogno pronto para o mercado. Dessa forma, esse não é um negócio sucateado, o que faz com que ele seja ainda mais vantajoso e aumente mais a rentabilidade mogno africano.

Apesar de ser um negócio muito próspero, o investimento em mogno africano ainda não é uma escolha tão popular e, consequentemente, o mercado não traz muitas informações sobre ele. Pensando nisso, o Grupo Selva Florestal te explica detalhes da rentabilidade mogno africano, desde o custo de investimento até o quanto ele pode render.

Quanto custa para plantar um hectare de mogno?

Informar um preço fechado para o custo da plantação de um hectare de mogno é praticamente impossível, isso porque existem muitas variáveis como, por exemplo, o custo de preparação do solo para receber o mogno, que podem aumentar ou diminuir o valor total.

Entretanto, é possível chegar a uma estimativa condizente com o real valor a ser gasto para a plantação de um hectare de mogno. Esse valor é de algo em torno dos 70 mil reais.

A conta feita para obtenção da estimativa do custo para plantio de um hectare de mogno não pode levar em conta somente o custo do pé do mogno em si, é preciso contabilizar gastos com preparo de terra, o custo da mão de obra e, claro, o valor dos vários impostos que incidem sob a plantação de mogno.

Quanto custa um pé de mogno?

O que faz a rentabilidade mogno africano ser tão grande é, justamente, o preço dado a cada pé de mogno na hora deles estarem prontos para a venda.

O mercado hoje para o mogno africano está mais centralizado na Europa e o seu preço varia proporcionalmente de acordo com o seu diâmetro, ou seja, quanto maior for a grossura do caule do mogno por mais dinheiro ele vai ser vendido.

No mercado internacional, os preços variam de 200 a 400 euros para os menores diâmetros e de 500 a 600 euros para os de maiores diâmetros. Esse valor varia entre 1243 a 2488 reais e 3108 a 3729 reais, respectivamente.

Por outro lado, se a venda no mogno africano for feita dentro do mercado nacional, é possível estimar que o preço da tora é algo em torno 2.220 reais.

Observando esses valores, já é possível ter uma ideia muito clara da rentabilidade mogno africano se pensarmos no preço de uma muda de mogno. A muda de mogno custa algo em torno de R$ 4,00 até R$ 5,00 reais, dependendo da época, do local e do vendedor. Nesse sentido, a compra da muda de mogno pode render até mil vezes mais do que seu preço.

Mudas de mogno africano. A muda de mogno rende muito financeiramente. | Foto: Grupo Selva Florestal

Qual o rendimento do mogno africano?

Para entendermos o tamanho da rentabilidade mogno africano vamos pensar na plantação desses mognos em um só hectare.

Considerando o valor estimado de custo do mogno africano como 70 mil reais, é esperado que sua rentabilidade seja algo em torno de 500 mil para esse hectare, ou seja, tem-se um rendimento de mais de sete vezes o valor investido.

É importante ter em mente que o mogno africano é um investimento a longo prazo e, portanto, inicialmente os custos vão ser grandes, por algum tempo, o dinheiro desembolsado para o sucesso do mogno pode parecer muito pesado e sem fim. No entanto, na hora que chegar o momento da colheita e da venda, o dinheiro de retorno surpreenderá e a espera será recompensada.

Esse valor da rentabilidade mogno africano foi feito com base nos valores atuais, mas o ideal é ter em mente que esses valores no futuro serão muito maiores já que vários fatores econômicos externos, como a inflação, vão mudar esse valor para mais ou para menos, dependendo do curso financeiro do país na época da colheita do mogno.

A rentabilidade mogno africano é muito grande. | Foto: Grupo Selva Florestal

Como vender o mogno?

O mogno africano pode ser vendido em pé, em tora ou madeira seca e serrada. Em pé, o produtor não faz nenhuma modificação na árvore, o mogno africano vai ser entregue inteiro ao comprador. Já se o mogno for vendido em tora, é feito um corte específico antes da venda e, se ele for vendido como madeira seca ou serrada é feito um processo justamente para secar ou serrar o tronco do mogno africano.

Geralmente, a comercialização do mogno é feita para o exterior e o contrato só é fechado com o fornecimento de mais de 5 mil metros cúbicos, pois os compradores procuram certa constância na produção.

Outro aspecto importante que precisa ser observado é a respeito dos órgãos de fiscalização, como a AMMA, para estar em dia com suas regulamentações e impostos a fim de que essa venda não seja barrada e a rentabilidade mogno africano não abaixe. Essas regularizações também são muito importantes para preservar o meio ambiente e garantir que o plantio de mogno seja feito de forma sustentável.

Devido ao fato dos compradores geralmente só comprarem mogno em grande quantidade e a regularização ser um pouco pesada, o plantio de mogno africano no Brasil ainda não é tão explorado e, portanto, o mercado carece dessa madeira. Dessa maneira, a rentabilidade mogno africano sobe ainda mais.

Conheça mais sobre investimento verde e sobre a rentabilidade mogno africano com o Grupo Selva Florestal, eles são especialistas em reflorestamento, recuperação de locais degradados, na produção de mudas e muito mais. Confira! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *